Como Diagnosticar Fibromialgia

Atividade Física de Fortalecimento x Fibromialgia

Você sabe o que é Fibromialgia?

Fibromialgia é uma doença causada pela liberação de ácido lático nos músculos e está diretamente ligada a problemas de origem psicológica/sentimental, gerando uma dor crônica em todo o corpo.

Como Diagnosticar Fibromialgia?

Fibromialgia não poder ser diagnosticada por nenhum exame clínico (sangue, fezes ou urina) e também não há possibilidade de detectá-la em exames radiológicos (raio-x, ressonância magnética ou tomografia computadorizada). o diagnóstico é baseado somente na análise médica e no relato do paciente.

Uma das formas de diagnosticar a Fibromialgia seriam alguns sintomas como: dor crônica em todo o corpo por um período de três meses (não existe uma região específica que seja atingida pela Fibromialgia); ansiedade e depressão; fraqueza e cansaço; dificuldade de concentração; bocas nariz e olhos secos.

Formas de Tratamento

Cada caso deve ser avaliado para se verificar o melhor tratamento a ser realizado, mas podemos direcionar que algumas formas de tratamento como:

  • Terapias holísticas são muito eficazes,s como: Acupuntura, Auriculoterapia e Massoterapia.
  • Acompanhamento Psicológico e Psiquiatra são importantes para resgatar a qualidade de vida dos pacientes. No caso de pacientes que tenham esta doença devido a origem nervosa/psicológica, o acompanhamento com estas especialidades tornam-se fundamentais;
  • A alimentação correta orientada por Nutricionista também auxilia no tratamento, como suco de laranja com couve. Para ter uma ideia, a couve é rica em magnésio vitamina B5 que age em muitos distúrbios, como perda de cabelo, alergias, estresse, ansiedade, doenças respiratórias e problemas cardíacos. Além boa fonte de cálcio, ferro e fósforo e das vitaminas A, B e C, que ajudam a tonificar os músculos, fortalecer os ossos, melhorar a circulação sanguínea, aumentar a energia e desintoxicar o organismo.

Saiba como a atividade Física de Fortalecimento pode auxiliar no Tratamento

A atividade física tem como objetivo trazer maior conforto aos pacientes com Fibromialgia, que sentem muita dor em todo o corpo e não conseguem realizar algumas vezes pequenas tarefas cotidianas.

Os exercícios corretos de fortalecimento e reabilitação física são capazes fazer com que alguns pacientes recuperem a auto estima, sintam-se novamente ativos e voltem a rotina cotidiana.

Para muitos pacientes o simples movimento de passar um escova pelos cabelos é muito doloroso, alguns procedimentos de fisioterapia e reabilitação podem trazer algum conforto com a diminuição da dor.

Um dos grandes problemas é que em crises de dor crônica muitos pacientes administram por conta própria doses elevadas de analgésicos ou relaxantes musculares e essas medicações não apresentam nenhum efeito. Sempre consulte um médico antes de tomar a decisão de se auto medicar isso pode ser muito perigoso e causar danos desnecessários.

Uma avaliação do quadro por profissionais se faz necessário para o quanto antes começar o tratamento e trazer um pouco de conforto para os pacientes que sofrem dores intensas e podem até mesmo desenvolver quadros depressivos, devido a impossibilidade de realizar tarefas simples em momentos de crises onde a dor é insuportável.

A Clínica Fisio&Forma atua com equipe de FISIOTERAPEUTAS especializados para traçar a melhor reabilitação para o seu caso, com FISIOTERAPIA ou PILATES CLÍNICO.

banner_avaliaçao-gratuita

hérnia-de-disco

Conheça os tipos de hérnia de disco e quais os tratamentos necessários

O disco intervertebral (estrutura que fica entre as vértebras) é  composto por uma parte central fibrosa e cartilaginosa que contém um líquido gelatinoso chamado núcleo pulposo, de uma parte periférica composta por tecido cartilaginoso chamado anel fibroso e uma parte inferior e superior chamada de placa terminal.

A Hérnia de disco é uma desordem músculo esquelética, onde ocorre a fissura ou desgaste do anel fibroso, com subsequente deslocamento do líquido gelatinoso contido inicialmente no núcleo pulposo. Pode ocorrer na coluna cervical, coluna torácica e coluna lombar, sendo a cervical e a lombar as mais acometidas.

 

Tipos de Hérnia de Disco:

1 – Protusas: o disco se alarga, mas o líquido gelatinoso fica contido no seu centro. As paredes do disco ficam mais volumosas e largas podendo tocar regiões e áreas de grande sensibilidade nervosa, gerando dores e incapacidades;

2 – Extrusas: é uma condição bastante comum, principalmente na região lombar. Ocorre o rompimento do anel fibroso e o líquido gelatinoso sai por meio de uma fissura;

3 – Sequestrada: ocorre o rompimento da parede do disco e o líquido gelatinoso migra para dentro do canal medular, além da pressão na raiz nervosa, provocando a inflamação, compressão contínua e dor insuportável. Paciente se apresenta com postura antálgica, inclinando o tronco para o lado que lhe dê conforto.

 

Sintomas da Hérnia de Disco:

✔ dor nas costas há mais de três meses;

✔ Coluna torta quando em crise;

✔ Dor noturna que piora ao dormir e permanece ao acordar;

✔ Dor que piora ao ficar com a perna estendida;

✔ Dificuldade de ficar sentado por mais de 10 minutos;

✔ Redução da força muscular em um ou mais membros;

✔ Impossibilidade de ficar na ponta de um dos pés;

✔ Dor, formigamento, dormência em um ou mais membros;

✔ Dificuldade extremas de segurar urina;

✔ Redução de rendimento e desânimo;

 ✔ Dificuldade de se locomover ou levantar objetos;

✔ Lombociatalgia (acometimento de coluna lombar);

 ✔ Cervicalgia (acometimento de coluna cervical).

 

Principais Causas da Hérnia de Disco:

✔ Má postura;

✔ Sedentarismo;

✔ Obesidade;

✔ Fumo;

✔ Fatores hereditários;

✔ Condições ruins de trabalho como: trabalho físico pesado, ficar muito tempo em uma só postura, inclinar e girar o tronco frequentemente, trabalho repetitivo, vibrações.

 

Como Diagnosticar a Hérnia de Disco

Pode ser feito clinicamente através do histórico do paciente, sintomas e exame físico. É necessário exames de imagem como ressonância magnética e tomografia computadorizada, que ajudam a determinar o tamanho da lesão, a área de acometimento e o melhor tratamento para o caso. No caso de cirurgia procure um Médico especialista.

 

Tipos de Tratamento para Hérnia de Disco:

✔ Fisioterapia: atua na prevenção e na reabilitação do paciente acometido com hérnia de disco com uma variedade de tratamentos que podem ser realizados, evitando assim a cirurgia. Quando a cirurgia é realizada a fisioterapia realiza um trabalho no pós operatório permitindo o retorno às atividades normais realizar a reabilitação no pós operatório

 Os objetivos do tratamento fisioterápico são:

* Redução do quadro álgico feito através de aparelhos de eletroterapia e terapias manuais;

*Reequilíbrio muscular e  melhora de alterações posturais com a realização de exercícios de fortalecimento, alongamento e mobilizações articulares com a orientação de um FISIOTERAPEUTA, além de um trabalho de consciência corporal;

 * Manutenção da funcionalidade e boa qualidade de vida;

* Correções ergonômicas: orientações de posturas corretas que devem ser seguidas no ambiente de trabalho e também durante atividades de vida diária;

 ✔ Acupuntura;

✔ Pilates Clínico;

✔ Medicamentoso;

✔ Cirurgia (somente 10% dos casos).

Escrito por: Fisioterapeuta Jaqueline Vaz

A Clínica Fisio&Forma atua com equipe de FISIOTERAPEUTAS especializados para traçar a melhor reabilitação para o seu caso, com FISIOTERAPIA ou PILATES CLÍNICO.

banner_avaliaçao-gratuita